Quais são os sintomas da ômicron comparados aos de variantes anteriores - BBC News Brasil (2022)

Quais são os sintomas da ômicron comparados aos de variantes anteriores - BBC News Brasil (1)

Crédito, Getty Images

A variante ômicron está se espalhando rapidamente pelo mundo - e estudos sugerem que é a mais contagiosa até agora.

No entanto, diferente de outras variantes, que atingiram a população quando as taxas de vacinação eram menores, agora o índice de hospitalizações e de óbitos tem se mostrado menor - e, em alguns casos, sintomas mais leves têm se mostrado semelhantes a resfriado ou gripe.

  • Por que vacinados ainda podem pegar covid (e não é falha do imunizante)
  • Covid: 3 dados-chave que ainda não sabemos depois de 2 anos de pandemia

Apesar disso, a rapidez com que a ômicron é transmitida continua a sobrecarregar os sistemas de saúde — e ela segue sendo uma ameaça para não vacinados e pacientes de risco. A própria Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou, na semana passada, que a ômicron não deve ser descrita como branda, já que está matando pessoas em todo o mundo.

Mas como posso saber se tenho covid-19 ou outra doença respiratória leve?

Sintomas da ômicron

"Achamos que a ômicron é muito mais semelhante às variantes leves que temos visto em pessoas vacinadas, como a delta principalmente", diz à BBC o professor Tim Spector, epidemiologista da Universidade King's College London, que dirige o estudo Zoe Covid, que analisa a disseminação e os sintomas da doença no Reino Unido.

Pule Matérias recomendadas e continue lendo

Matérias recomendadas

  • Prêmio Nobel: as 5 pessoas premiadas duas vezes

  • Teoria explica por que corpo de Alexandre, o Grande, só começou a se decompor seis dias após morte

    (Video) Covid: quais são os sintomas da ômicron comparados aos das variantes anteriores
  • Os dilemas da pediatra que cuida de crianças em estado terminal

  • Retinoblastoma: como pais descobriram câncer agressivo na filha após notar mancha no olho

Fim do Matérias recomendadas

O estudo Zoe Covid vem coletando dados de milhares de pessoas infectadas que registram seus sintomas em um aplicativo. Assim, os pesquisadores conseguem analisar os sintomas relacionados à variante delta e à ômicron.

Até agora, os cinco sintomas mais comuns são:

- Secreção nasal;

- Dor de cabeça;

- Fadiga (leve ou grave);

- Espirro;

- Dor de garganta.

Fonte: Estudo Zoe Covid, King's College London

(Video) Ômicron: quando uma pessoa infectada deixa de transmitir covid (com ou sem sintomas)

Parte destes sintomas mais brandos se devem sobretudo ao grande número de pessoas vacinadas ou com imunidade adquirida.

É muito cedo para saber como a ômicron afetará os não vacinados e as pessoas com um sistema imunológico mais fragilizado.

O epidemiologista do King's College observa que, como muitos dos sintomas relacionados agora à variante ômicron são semelhantes aos do resfriado, isso pode levar as pessoas a "talvez não reconhecerem a infecção como covid".

Crédito, Getty Images

Ou seja, em regiões onde a ômicron está se espalhando rapidamente, é muito provável que alguém com sintomas de resfriado tenha covid, como está acontecendo em Londres, uma das cidades com maior incidência de ômicron.

Se você suspeitar que está com covid, o mais importante é fazer o teste o quanto antes. Mesmo quem está com sintomas leves ou assintomático pode colocar outras pessoas em risco.

Variantes anteriores do coronavírus apresentavam sintomas como febre, tosse, perda de paladar e de olfato. Mas, segundo Spector, a maioria das pessoas que está reportando novas infecções agora não apresenta estes "sintomas clássicos" de covid.

Alerta para os sintomas

Mesmo que, para alguns, a covid possa parecer "um resfriado forte", com sintomas como dor de cabeça, dor de garganta e secreção nasal, o serviço público de saúde britânico (NHS, na sigla em inglês) indica que devemos continuar atentos aos sintomas clássicos da covid:

- Tosse contínua e súbita;

- Febre ou temperatura alta;

- Perda ou alteração no olfato e paladar.

A febre é um sintoma claro de covid?

Uma temperatura a partir de 37,8°C é considerada alta.

Crédito, Getty Images

A febre pode ocorrer quando o corpo está combatendo uma infecção, não apenas o coronavírus.

É melhor usar um termômetro. Mas se você não tiver um, verifique se está quente ao tocar seu peito ou costas.

É improvável que um resfriado comum cause febre. Por isso, em caso de febre, é recomendável fazer um teste para descartar que você tenha coronavírus.

Como devemos encarar a tosse?

Se você estiver gripado ou resfriado, provavelmente terá tosse e outros sintomas.

A gripe costuma aparecer de repente, e os pacientes muitas vezes sentem dores musculares, calafrios, dores de cabeça, cansaço, dor de garganta, secreção ou congestão nasal, junto com tosse. Parece pior do que um resfriado forte.

Já os resfriados tendem a se desenvolver mais gradualmente e são menos graves, embora nos façam sentir mal.

Junto com a tosse, pode haver espirros, dor de garganta e secreção nasal. Sintomas como febre, calafrios, dores de cabeça e musculares são pouco frequentes.

A tosse decorrente do coronavírus implica em tossir muito por mais de uma hora, ou ter três ou mais ataques ou "episódios" de tosse em 24 horas.

(Video) Ômicron tem sintomas leves até agora, diz médica que descobriu a variante

Se você desenvolver uma tosse nova e contínua, deve fazer o teste de covid.

O que significa perder o paladar ou olfato?

Estes são os principais sintomas do coronavírus e significam que você deve fazer o teste.

Crédito, Getty Images

Você ainda pode ter um simples resfriado. Mas é importante checar, mesmo que não esteja se sentindo mal, para evitar o risco de espalhar o vírus.

Se eu espirrar, significa que tenho coronavírus?

Espirrar não é um sintoma clássico de coronavírus e, a menos que você também tenha febre, tosse ou perda de olfato e paladar, não deve ser um problema.

De toda forma, um espirro pode transmitir infecções, então tente usar um lenço de papel e lavar as mãos ao espirrar.

E se meu nariz estiver escorrendo ou entupido?

Não é um dos principais sintomas do coronavírus, mas várias pesquisas sugerem que pessoas que testaram positivo apresentaram estes sintomas.

As diretrizes sanitárias dos Estados Unidos, por exemplo, incluem todos estes sintomas como possíveis em caso de infecção por coronavírus:

- Febre ou calafrios;

- Tosse;

- Falta de ar ou dificuldade para respirar;

- Fadiga;

- Dores musculares ou no corpo;

- Dor de cabeça;

- Perda de olfato ou paladar;

- Dor de garganta;

- Secreção ou congestão nasal;

- Náusea ou vômito;

- Diarreia.

Os dados da África do Sul indicam que algumas pessoas relataram problemas digestivos como um possível sintoma de ômicron.

Crédito, Getty Images

(Video) Covid: principais sintomas mudam para quem se vacinou

Mas no Reino Unido, Tim Spector observou que a infecção pela ômicron parece permanecer semelhante às variantes anteriores — ou seja, sobretudo uma infecção respiratória.

Casos graves

Pule Podcast e continue lendo

Podcast

Brasil Partido

João Fellet tenta entender como brasileiros chegaram ao grau atual de divisão.

Episódios

Fim do Podcast

Dados preliminares e estudos sobre a ômicron sugerem que esta variante tem se mostrado menos severa que as anteriores. Isso se deve em parte às mutações do vírus, mas acima de tudo à proteção das vacinas e da imunidade natural.

No entanto, a velocidade sem precedentes com que a ômicron é transmitida continua sendo um desafio — e muita gente, sobretudo pacientes com certas doenças prévias, continuam correndo risco.

As pessoas infectadas com coronavírus podem apresentar uma ampla variedade de sintomas, que variam de leves a graves. Algumas ficarão assintomáticas, mas ainda assim podem ser infecciosas.

Os sintomas podem aparecer até duas semanas após a exposição ao vírus, mas geralmente isso acontece por volta do quinto dia. Leia aqui sobre quando uma pessoa com ômicron deixa de ser contagiosa, com ou sem sintomas.

Dificuldades respiratórias podem ser um sinal de uma infecção mais grave.

*Esta reportagem foi publicada originalmente em 16 de dezembro de 2021. Mas, à medida que as informações epidemiológicas sobre a ômicron evoluíram, o texto foi atualizado.

Sabia que a BBC está também no Telegram? Inscreva-se no canal.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

(Video) De onde vêm novas variantes como a ômicron?

FAQs

Quais os primeiros sintomas da Ômicron? ›

Ômicron: cansaço extremo, dor no corpo, dor de cabeça, coriza, congestão nasal e dor de garganta.

Quais são os sintomas da nova variante do coronavírus? ›

2. Quais os principais sintomas da doença nessa nova onda? Hoje os sintomas da covid-19 são similares aos da gripe e do resfriado comum. O paciente infectado pode ter coriza, dor de garganta, tosse, dor de cabeça, dor no corpo, cansaço e febre.

Quais os piores dias da Covid Ômicron? ›

Quanto tempo duram os sintomas? Segundo um estudo do Instituto Japonês de Doenças Infecciosas, a carga viral da ômicron atinge seu pico de três a seis dias após a infecção.

Quanto tempo Ômicron fica no ar? ›

Eles mantiveram as amostras em ar quente, cerca de 77 graus. No plástico, a cepa original de Wuhan sobreviveu por cerca de 56 horas. A maioria das outras variantes testadas, incluindo Alfa, Beta, Delta e Ômicron, sobreviveram três vezes mais. Ômicron ainda pôde ser detectada 193 horas – oito dias – após a aplicação.

Qual remédio tomar Ômicron? ›

Medicamento sotrovimabe é eficaz contra mutações da Ômicron, diz farmacêutica. A farmacêutica britânica GSK divulgou, nesta terça-feira (7), que seu medicamentos contra a Covid-19 baseado em anticorpos é eficaz contra todas as mutações da nova variante do coronavírus, a Ômicron.

Quais os sintomas da nova variante do macaco? ›

Os principais sintomas da varíola dos macacos são:
  • febre.
  • dor de cabeça.
  • dores musculares.
  • dor nas costas.
  • gânglios (linfonodos) inchados.
  • calafrios.
  • exaustão.
4 Jul 2022

Como saber se peguei a nova cepa? ›

O teste de variantes da COVID-19 está disponível no Delboni para pacientes que possuem um diagnóstico positivo do Coronavírus e desejam descobrir por qual variante está infectado. Espera-se que os vírus sofram mutações constantemente, portanto novas variantes podem aparecer com o passar do tempo.

Quais os sintomas da gripe H3N2? ›

Sintomas da gripe H3N2
  • Febre alta, acima de 38 ºC, com início súbito;
  • Dor de cabeça;
  • Dores no corpo, principalmente nas articulações;
  • Coriza;
  • Tosse e espirros;
  • Calafrios;
  • Fadiga e indisposição;
  • Náusea e vômito;
27 May 2022

Quais são os sintomas de um caso leve de Covid-19? ›

Caso leve. Caracterizado a partir da presença de sintomas não específicos, como tosse, dor de garganta ou coriza, seguido ou não de anosmia, ageusia, diarreia, dor abdominal, febre, calafrios, mialgia, fadiga e/ou cefaleia.

Quantos dias dura o isolamento do Omicron? ›

Clóvis Arns da Cunha, recomenda sete dias de afastamento em isolamento respiratório domiciliar para os pacientes com COVID-19 sintomáticos, desde que estejam sem febre nas últimas 24 horas e com melhora dos sintomas. Para os que se mantém sintomáticos no sétimo dia, manter o isolamento por 10 dias.

Quais são os dias de pico do covid? ›

Estudos prévios, com outras variantes durante a pandemia, sugeriam que o pico de transmissão ocorria no período compreendido entre 02 dias antes dos surgimento de sintomas (ou diagnóstico laboratorial) até 03 dias após.

Quantos dias para aparecer os primeiros sintomas de covid? ›

O período médio de incubação por coronavírus é de 5 dias, com intervalos que chegam a 12 dias, período em que os primeiros sintomas levam para aparecer desde a infecção.

Como saber se é gripe ou Covid? ›

Resfriado: a evolução é lenta e os sintomas são mais leves, como uma febre baixa por exemplo. Costuma melhorar em poucos dias. COVID-19: a evolução geralmente é gradual, com quadro agravado após o 8º dia, quando há complicações.

Como se proteger da Ômicron? ›

10 dicas de ouro do SESI para se proteger da variante ômicron
  1. Vacine-se. ...
  2. Fique atento ao período de eficácia da vacina. ...
  3. Use máscara. ...
  4. Lave as mãos com frequência. ...
  5. Cubra nariz e boca ao espirrar ou tossir. ...
  6. Se estiver doente e morar com outras pessoas, use máscara dentro de casa. ...
  7. Mantenha distância das pessoas.
8 Feb 2022

É possível Reinfeccao pela Ômicron? ›

Pesquisadores do Instituto Statens Serum, concluíram que reinfecções pela variante BA. 2, da Ômicron, podem ocorrer em um período de apenas 20 a 60 dias após uma infecção pela variante BA. 1.

Estou com Covid o que tomar para dor de garganta? ›

Em casos de dor de garganta forte, geralmente analgésicos, previamente prescritos, e uma hidratação adequada são suficientes. Caso o sintoma se agrave e apresente quadros além do normal, é necessário procurar um profissional de saúde.

O que tomar no caso de Covid leve? ›

Tratamento para casos leves

Os sintomas de dor e febre são tratados com o uso de analgésicos e antitérmicos. Já a tosse e a respiração obstruída são tratadas com o uso de xaropes antitussígenos e medicamentos de desobstrução das vias nasais.

Quem está com Covid tem que tomar antibiótico? ›

Não. Os antibióticos não funcionam contra vírus, eles funcionam apenas em infecções bacterianas. O Covid-19 é causado por um vírus, portanto os antibióticos não funcionam. Antibióticos não devem ser usados como um meio de prevenção ou tratamento de Covid-19.

Como se pega a variante do macaco? ›

A principal forma transmissão da varíola dos macacos ocorre por contato direto pessoa a pessoa (pele, secreções) e exposição próxima e prolongada com gotículas e outras secreções respiratórias.

Qual é a nova doença do macaco? ›

O que se sabe sobre o surto identificado em maio de 2022? Vários países onde a varíola dos macacos não é endêmica notificaram casos em maio de 2022. Desde 19 de maio de 2022, estão sendo notificados casos em mais de 10 países em áreas não endêmicas.

Qual é o sintoma da doença do macaco? ›

Renee Oliveira - O período de incubação do vírus se dá por volta de 7 a 21 dias. Após esse período, o paciente apresenta febre alta, mialgia, fadiga, dor de cabeça, cansaço, dor nas costas e aumento dos glânglios linfáticos (uma caraterística da monkeypox que vai diferenciar de outras doenças, a exemplo da catapora).

Como ocorre a transmissão do novo coronavírus? ›

Propagação e transmissão:

O vírus pode se propagar de pessoa para pessoa por meio de gotículas do nariz ou da boca que se espalham quando alguém doente tosse ou espirra. A maioria dessas gotículas cai em superfícies e objetos próximos, como mesas ou telefones.

Quais são os sintomas da vacina Coronavac? ›

Efeitos muito comuns: dor de cabeça; cansaço; dor no local da aplicação. Efeitos comuns: enjoo; diarreia; dor muscular; calafrios; perda de apetite; tosse; dor nas articulações; coriza; congestão nasal; vermelhidão; inchaço e coceira no local da aplicação.

Como é que se transmite a Covid 19? ›

A transmissão da doença pode ocorrer diretamente, pelo contato com pessoas infectadas, ou indiretamente, pelo contato com superfícies ou objetos utilizados pela pessoa infectada. Evidências atuais sugerem que a maioria das transmissões ocorre de pessoas sintomáticas para outras.

Quantos dias dura Os sintomas da H3N2? ›

O período de incubação do vírus H3N2 é de três a cinco dias, quando começa a manifestação dos sintomas. Porém, também é possível que uma pessoa tenha a doença de uma forma assintomática, sem apresentar nenhuma reação.

O que tomar para nova gripe? ›

O tratamento para a gripe A é feito com remédios antivirais como Oseltamivir ou Zanamivir e geralmente o tratamento apresenta melhores resultados se for logo iniciado nas primeiras 48 horas após o surgimento dos primeiros sintomas.

Qual remédio tomar para gripe H3N2? ›

Tratamento da H3N2 com Tamiflu (Oseltamivir)

Diferente da COVID-19, que ainda não tem medicamento indicado para tratamento, a principal arma contra o vírus Influenza no Brasil é o Tamiflu (Fosfato de Oseltamivir).

Quais são os principais sintomas do Covid 19 Como se prevenir? ›

A principal dica é simples: lavar as mãos, principalmente para evitar levar ao nariz e a boca vírus contraídos na rua. A higienização pode ser feita com água e sabão (apenas água é considerado ineficaz) ou com álcool em gel.

Por que algumas pessoas desenvolvem a forma grave da Covid? ›

Entretanto, algumas pessoas não conseguem produzir um aumento nos níveis de angiotensina II, com isso, recebem uma carga viral elevada, e, por não ativar o sistema imune adequadamente no início da doença, podem ter sintomas mais graves.

Que ações devem ser desenvolvidas em cada nível de prevenção em relação a Covid 19? ›

Evitar contato próximo com pessoas doentes; Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar, com cotovelo flexionado ou utilizando-se de um lenço descartável; Ficar em casa e evitar contato com pessoas quando estiver doente; Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Como dormir com uma pessoa com Covid? ›

Em ambientes compartilhados, a pessoa infectada precisa estar o tempo todo com máscara. A recomendação é que estas pessoas nunca passem um dia inteiro no mesmo cômodo em que ficam as não infectadas. Além disso, pessoas infectadas não podem compartilhar o mesmo sofá ou colchão com os demais.

O que acontece se a pessoa sair do isolamento? ›

Assim, quem se negar a cumprir as medidas adotadas contra o coronavírus pode incorrer neste ato ilícito, podendo ser condenado a uma pena de 1 mês a 1 ano de reclusão além de multa. Caso a recusa seja por funcionário da área da saúde, seja público ou privado, a pena é aumentada em 1/3.

Como saber quando sair do isolamento? ›

Aqueles que realizarem testagem (RT-PCR ou teste rápido de antígeno) para Covid-19 com resultado negativo no 5º dia, poderão sair do isolamento, antes do prazo de 7 dias, desde que não apresente sintomas respiratórios e febre, há pelo menos 24 horas, e sem o uso de antitérmicos.

Como saber se a pessoa está com falta de ar? ›

Falta de ar pode acontecer de forma repentina ou progressiva, em repouso ou aos pequenos esforços. Quando o paciente não consegue respirar confortavelmente, pode fazer com que seus níveis de saturação de oxigênio caiam para menos de 90%.

Quando a carga viral do Covid atinge seu pico? ›

A infectividade começou 2,5 dias antes do início dos sintomas e atingiu seu pico em 0,6 dias antes do início dos sintomas. A proporção de transmissão antes do início dos sintomas (área abaixo da curva) foi de 44%. Estima-se que a infectividade diminua relativamente rápido dentro de 7 dias após o início da doença.

Como é a evolução do Omicron? ›

A ômicron tem mutações importantes na proteína spike (ou espícula), permitindo que ela escape um pouco da neutralização dos anticorpos que produzimos contra as versões anteriores do vírus, usadas nas vacinas. “Isso segue o padrão de reprodução de todos os coronavírus.

Como saber se a pessoa com Covid está piorando? ›

Mesmo com sintomas leves, as pessoas devem fazer o teste para Covid-19, disse ele, para ver se os sintomas estão piorando e precisam de atenção médica. Um teste também informará se eles precisam se isolar para não espalhar o coronavírus para outras pessoas.

Quem tem covid fica com o nariz entupido? ›

“O paciente com Covid-19 costuma ter tosse seca e cansaço, mas, em quadros mais graves, pode apresentar dificuldade para respirar, falta de ar e pressão (aperto) no peito. No entanto, não necessariamente haverá coriza e congestão nasal.

Quais são alguns dos sintomas de Covid-19 pela Ômicron? ›

Ômicron: cansaço extremo, dor no corpo, dor de cabeça, coriza, congestão nasal e dor de garganta.

É possível pegar gripe e Corona ao mesmo tempo? ›

Especialistas alertam que os riscos para a saúde aumentam caso o paciente contraia as três infecções ao mesmo tempo. Há uma confluência de riscos, ou seja, um risco aumentado do agravamento do quadro geral. Os sintomas da covid-19 e da influenza são parecidos, já os da dengue podem ser bem mais característicos.

Qual a distância segura para não pegar Covid? ›

Eles descobriram que, na ausência de máscaras, uma pessoa com COVID-19 pode infectar outra pessoa a uma distância de dois metros, mesmo ao ar livre.

Como se chama a nova variante do coronavírus? ›

O que é a deltacron? Conheça 5 características da nova variante da Covid-19 - Instituto Butantan.

Como podemos evitar as contaminações? ›

Lave bem as mãos com água corrente, sabonete ou álcool-gel, especialmente após tossir ou assoar o nariz, para evitar contaminar outras pessoas (o Cesumar disponibilizou em todos os banheiros da Instituição saboneteiras com sabonete líquido e álcool-gel);

Quantos dias o vírus da Omicron fica no corpo? ›

Segundo um estudo realizado pela Universidade de Nebraska, publicado pelo Centro de Controle de Doenças do EUA (CDC), o período de incubação da ômicron no organismo é de três dias. Ou seja, a pessoa com o vírus desenvolve os sintomas mais rapidamente do que quando é infectada pelas demais variantes.

Quantas vezes se pega a Omicron? ›

Por que a ômicron é mais contagiosa e pode reinfectar até seis vezes mais quem não se vacinou contra a Covid - Instituto Butantan.

É possível reinfecção por coronavírus Omicron? ›

Reinfecções por Ômicron podem ser mais comuns que por outras variantes, diz estudo. A infecção pelo novo coronavírus, por duas ou três vezes, pode se tornar mais frequente com o espalhamento da variante Ômicron pelo mundo.

Quantos dias após a contaminação aparecem os sintomas? ›

O tempo para a manifestação dos sintomas pode variar de um a cinco dias a partir do contato.

Quantos dias para aparecer os primeiros sintomas de Covid? ›

O período médio de incubação por coronavírus é de 5 dias, com intervalos que chegam a 12 dias, período em que os primeiros sintomas levam para aparecer desde a infecção.

Como saber se eu estou com gripe ou Covid? ›

Resfriado: a evolução é lenta e os sintomas são mais leves, como uma febre baixa por exemplo. Costuma melhorar em poucos dias. COVID-19: a evolução geralmente é gradual, com quadro agravado após o 8º dia, quando há complicações.

Qual é a fase mais crítica da Covid? ›

Caso crítico

Os principais sintomas são sepse, síndrome do desconforto respiratório agudo, síndrome do desconforto respiratório agudo, insuficiência respiratória grave, disfunção de múltiplos órgãos, pneumonia grave, necessidade de suporte respiratório e internações em unidades de terapia intensiva.

Qual o tempo de isolamento da Omicron? ›

Clóvis Arns da Cunha, recomenda sete dias de afastamento em isolamento respiratório domiciliar para os pacientes com COVID-19 sintomáticos, desde que estejam sem febre nas últimas 24 horas e com melhora dos sintomas. Para os que se mantém sintomáticos no sétimo dia, manter o isolamento por 10 dias.

Quais são os sintomas leves da COVID-19? ›

Caso leve. Caracterizado a partir da presença de sintomas não específicos, como tosse, dor de garganta ou coriza, seguido ou não de anosmia, ageusia, diarreia, dor abdominal, febre, calafrios, mialgia, fadiga e/ou cefaleia.

Quem está com covid produz catarro? ›

Sim, mas não sozinha, normalmente associada a outro sintoma. Segundo um levantamento da OMS (Organização Mundial da Saúde), que analisou 55 mil casos confirmados na China, a tosse seca está presente em 68% dos casos, sendo o segundo sinal mais frequente depois da febre. A tosse com catarro esteve presente em 33% deles.

Estou com muita tosse pode ser covid? ›

Segundo Carlos Carvalho, pneumologista do Hcor e professor da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), existem vários fatores que podem levar à tosse persistente após a infecção por covid-19. “O primeiro é por uma irritação ou inflamação direta do vírus nas vias respiratórias.

Videos

1. Covid: o que é a subvariante BA.2 da ômicron e há razão para preocupação?
(BBC News Brasil)
2. Entenda a nova subvariante Ômicron BQ.1
(Record News)
3. 5 PRINCIPAIS SINTOMAS DA VARIANTE ÔMICRON DA COVID-19
(Dr. Charles Genehr)
4. Covid: dados indicam que ômicron é menos grave, mas alerta permanece
(BBC News Brasil)
5. Covid: 4 sintomas estranhos que você talvez não conheça
(BBC News Brasil)
6. Por que ômicron tem efeito pior nos EUA do que na Europa e África do Sul
(BBC News Brasil)

Top Articles

You might also like

Latest Posts

Article information

Author: Roderick King

Last Updated: 01/11/2023

Views: 5417

Rating: 4 / 5 (51 voted)

Reviews: 90% of readers found this page helpful

Author information

Name: Roderick King

Birthday: 1997-10-09

Address: 3782 Madge Knoll, East Dudley, MA 63913

Phone: +2521695290067

Job: Customer Sales Coordinator

Hobby: Gunsmithing, Embroidery, Parkour, Kitesurfing, Rock climbing, Sand art, Beekeeping

Introduction: My name is Roderick King, I am a cute, splendid, excited, perfect, gentle, funny, vivacious person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.